Tudo que você precisa saber sobre o Botox

O Botox é um dos tratamentos estéticos mais procurados da atualidade. No entanto, pouco se sabe sobre ele. A seguir, informaremos tudo o que você deseja saber sobre este procedimento.

O que é Botox?

Conhecida como botulina, a toxina botulínica do tipo A é na verdade a toxina que causa o botulismo. No entanto, o que se utiliza é a sua capacidade de produzir paralisia muscular para uso médico em medicina estética e também em certas doenças neurológicas. No caso da medicina estética, é famosa principalmente pelo tratamento das rugas, conseguindo um procedimento de melhora estética que dispensa a passagem pelo centro cirúrgico.

Os usos e Aplicações do Botox

Hoje, o Botox é usado em várias aplicações médicas. Dentre eles, destacam-se o estrabismo, o blefaroespasmo, as dores vertebrais, a distonia, a hiperidrose, a enxaqueca e a incontinência urinária. Na medicina estética, por sua vez, é utilizado principalmente para a eliminação ou redução das rugas faciais e marcas de expressão. Este último tem a ver com o fato de ser um dos procedimentos que mais oferece vantagens para alcançar esses resultados, sendo indolor e de efeitos imediatos.

O Botox é aplicado principalmente na testa, entre as sobrancelhas, nas laterais dos olhos, no perímetro da boca e também no pescoço. A duração de um tratamento dessa natureza varia de 4 a 6 meses aproximadamente.

Veja também – Harmonização Facial – Agende agora a sua sessão.

Com que idade o botox pode ser Aplicado?

A idade adequada para a aplicação do Botox é algo que deve ser determinado pelo especialista em medicina estética consultado. No entanto, a idade média para isso é de 30 anos.

Benefícios do Botox

Muitos são os benefícios que fazem do Botox um dos tratamentos cosméticos mais usados ​​atualmente. Destacamos o seguinte:

  • Obtenha uma aparência mais jovem
  • Gera excelentes resultados para a eliminação de rugas e linhas de expressão
  • Combate enxaquecas
  • Previne a formação de rugas quando feito em pessoas entre 30 e 50 anos

Se nos dedicarmos especialmente à busca pela eliminação ou redução das rugas, o Botox tem certas vantagens sobre os demais tratamentos. Essas vantagens são:

  • Pode ser aplicado em qualquer época do ano
  • Evite a necessidade de cirurgia
  • Tem efeitos imediatos
  • É uma prática que não gera dor
  • Tem muito poucas contra-indicações
  • Os efeitos adversos não são comuns

Que efeitos adversos o Botox pode ter?

A primeira recomendação é realizar esse tipo de tratamento exclusivamente com profissionais da medicina estética.Os especialistas geralmente não recomendam implantes de Botox em pessoas com menos de 20 anos de idade. Eles também não são recomendados para áreas abaixo do pescoço.

Mulheres grávidas não devem fazer esse tratamento, nem pessoas com alergia ao complexo de neurotoxinas. O especialista que desenvolve o tratamento deve saber se o paciente toma outros medicamentos, pois alguns podem interferir nos efeitos.

Diferenças entre Botoxs e Ácido Hialurônico

O ácido hialurônico consiste em uma substância de origem natural. É gerado pelo corpo. Sua principal função é reter líquido, dando volume. É usado principalmente para preencher rugas ou marcas de expressão no rosto. É importante observar que com o passar dos anos o corpo deixa de produzir essa substância.

Isso leva ao envelhecimento da pele. Enquanto o ácido hialurônico preenche as rugas, o botox paralisa os músculos para evitar que elas ocorram. O ácido hialurônico é aplicado nas mesmas rugas, enquanto o Botox é aplicado nos músculos do rosto.

Dicas para ir para o botox

A primeira dica é procurar um especialista em medicina estética. Feito isso, é importante informar o especialista sobre todas as particularidades da saúde do paciente, desde a tomada de medicamentos até possíveis doenças pré-existentes. É importante que, na primeira consulta, todas as dúvidas que possam existir sejam sanadas. Recomenda-se também consultar o profissional se o Botox é o tratamento adequado para os objetivos estéticos que se possui.

Origem do Botox

As únicas propriedades conhecidas da toxina há algum tempo eram seus aspectos negativos. Eles foram associados à doença do botulismo. No entanto, ao longo da década de 1970, outras propriedades foram descobertas que poderiam ajudar no estrabismo ou no olho preguiçoso. Desde aquela época, tanto suas pesquisas quanto seu uso na medicina cresceram. A partir de 2002, começou a se difundir na medicina estética, há muito se tornando um dos tratamentos mais procurados.

Confira mais conteúdos em nosso site. Aproveite e compartilhe em suas redes sociais. Alguma sugestão no que podemos melhorar? Deixe nos comentários.