Como dar remédio líquido para cachorro: passo a passo

Além de amor e carinho, a saúde do pet deve ser tratada com bastante cuidado e atenção. Por isso a higiene, a aplicação de medicação antipulgas e as consultas ao veterinário devem ser sempre recorrentes.

Quando o animalzinho fica doente e o médico veterinário prescreve uma medicação, uma preocupação recorrente entre tutores nos consultórios é sobre a melhor maneira de dar remédio líquido para cachorro

E se ele cuspir? Como fazer para não morder? Qual é a melhor forma de aplicar o remédio? Pode misturar na comida? Essas são perguntas comuns, pois dar remédio líquido para cachorro muitas vezes, realmente, é uma tarefa difícil. Reações de estranhamento do cãozinho podem deixar a situação complicada, mas pode se tornar mais simples.

Remédio líquido para cachorro: quais os tipos?

Antes de aplicar o remédio líquido para cachorro, é importante estar atento às recomendações devidas do tipo do remédio. Xaropes em solução não precisam ser agitados, pois já estão devidamente diluídos. Já aqueles em suspensão devem ser agitados antes de serem dados ao cachorro. Feito isso, preste atenção na dosagem correta para começar a aplicação.

Melhor maneira de dar remédio líquido para cachorro

Muitos tutores se queixam da dificuldade de dar remédio líquido para cachorro. Isso porque, muitas vezes, o animalzinho, estranha aquela substância que precisa ingerir. Assim, algumas dicas podem facilitar a aplicação do remédio líquido:

  1. Preencha a dose adequada em uma seringa: a seringa, sem agulha, facilita a aplicação do remédio líquido. Alguns medicamentos já são vendidos com o acessório. Caso a dose seja prescrita em gotas, tape a ponta da seringa com o dedo e preencha com a quantidade prescrita. 
  2. Deixe seu cachorro calmo: o animal pode ficar com medo. Isso é normal, por isso, é importante que o pet fique calmo e parado.
  3. Insira a seringa pela lateral da boca do cachorro, entre os dentes e a bochecha: dessa maneira, a aplicação pode ser mais fácil e com menor risco de engasgue ou reações abruptas.
  4. Aperte o êmbolo com cuidado: aperte o êmbolo com cuidado, garantindo que o cachorro ingira o remédio perfeitamente. Para isso, incline a cabecinha do animal um pouco para trás para facilitar que ele engula o medicamento, e logo depois retorne-a para a posição normal.

E se o cachorro morder ou cuspir?

Muitas vezes, o cachorro fica com medo por estranhar o medicamento e, por isso, reage de forma defensiva mordendo ou mesmo cuspindo o remédio. Uma dica para quando cuspir o remédio líquido para cachorro, é fechar o focinho e soprar o nariz do animal. Essa ação causará um reflexo no qual o cão engolirá o remédio. 

Quando o cachorro morde, é importante conversar com o médico veterinário para encontrar soluções alternativas, como o remédio em comprimidos ou em pasta. Também existe remédio liquido para cachorro que pode ser misturado junto à comida, o que pode enganar a atenção do animal. 

Outra dica para quando o animal está com dificuldade de aceita o remédio líquido, é fingir que está ingerindo o medicamento. Os cachorros tendem a imitar os tutores, e a querer se alimentar dos mesmos alimentos que os tutores estão ingerindo.

Paciência acima de tudo

O mais importante é ter paciência. Os cachorros, muitas vezes, reagem com hostilidade às medicações por não entenderem a necessidade daquele tratamento para sua saúde. Por isso, é importante que os tutores tenham paciência e estejam sempre em contato com o médico veterinário, para encontrar a melhor solução para o tratamento do animal.